Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

    Para manter a barba nos trinques (seja curta, média ou no estilo lenhador), desenhe os contornos no pescoço, bochechas e costeletas como um barbeiro profissional! 

    Antigamente cultivar a barba era bico: bastava parar de cortar. O cara podia deixar a barba crescer até o umbigo, sem problemas! Hoje, adotar os estilos de barba da moda — curta, “por fazer”, ou mais longa, do jeito lenhador ou “lumberjack” — dá trabalho. Você precisa dedicar tempo para aparar e manter os pelos em ordem e usar produtos bacanas (xampu, condicionador, óleo) para lavar e hidratar. Insistir em manter a barba descuidada e mal aparada só funciona para quem curte o visual de náufrago ou mendigo. Ou tem a autoestima alta a ponto de não estar mesmo nem aí com a aparência, tem emprego 100% seguro e uma mulher que dedica a ele amor incondicional. Nesse caso, ok!

    Se você não se enquadra nesse grupo, e concorda que a aparência é fundamental no trabalho e nos relacionamentos, vamos ajudá-lo a manter a barba nos trinques. O principal é desenhar os contornos do pescoço e das bochechas (com lâmina ou máquina), para eliminar aqueles pelos que despontam completamente fora de lugar. Por isso, a gente acha que o ideal é procurar um barbeiro profissional, que conhece muito bem as linhas do rosto e os ângulos de crescimento dos fios. Mas para quem prefere colocar mãos à obra em casa, ensino como desenhar os contornos e deixar sua barba bem alinhada.

    Linha das bochechas

    Fica bacana desenhá-las em linha reta da altura da orelha ao final do bigode. Essa linha é a A-B, que aparece na foto abaixo em azul. Use o aparador ou a lâmina para definir os contornos. Mas você também tem a opção de desenhar os contornos das bochechas em formato mais quadrado ou arredondado, segundo sua preferência ou formato de rosto. Certifique-se, porém, de que os dois lados estão rigorosamente simétricos.

    Linha do pescoço

    O ideal é limitar os pelos a dois centímetros acima do seu pomo-de-adão. Mantenha essa linha um pouco abaixo da mandíbula até a área abaixo dos lóbulos das orelhas. Na foto abaixo, a linha inferior (verde) traça a reta entre a parte inferior da orelha e o queixo, fazendo um ângulo de 90 graus com o pescoço.

    Linha das costeletas

    Desenhe a parte externa da costeleta (do lado da orelha) em linha reta até chegar ao ponto em que ela chega até ao pescoço e à mandíbula.

    Linha do queixo

    Não deixe os fios espetados apontando para fora. Apare-os da maneira mais reta possível para baixo. Se sua barba for longa, use uma tesoura para baixar os pelos do queixo e deixá-los retos. Tome como base a linha verde superior da foto.

    No mais, não importa qual seja o tamanho da sua barba, curta ou longa, faça a manutenção como os barbeiros mandam:

    ✔Apare os fios, com tesoura ou aparador elétrico, e desenhe os contornos, com lâmina ou aparador, uma vez por semana.

    ✔Antes de passar a lâmina, aplique no rosto uma toalha molhada com água quente, para amolecer a pele e os pelos.

    ✔De preferência, use gel de barba transparente, que não faça espuma. Fica mais fácil enxergar os lugares onde passar a lâmina.

    ✔Depois de raspar os pelos, aplique toalha molhada em água fria, para fechar os poros (evita infecções) e hidrate a pele com pós-barba em creme, loção ou gel.

    ✔ Apare as pontas do bigode com tesourinha de pontas finas ou arredondadas. Não deixe os pelos ultrapassarem a linha do lábio.

     

    Fonte: Homemnoespelho.com.br


    Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

    Por mais que a barba esteja em alta de uns tempos para cá, o Bigode Handlebar vêm tomando seu espaço no meio dos fashionistas. Pensando nisso, trouxe algumas fotos para vocês se inspirarem. Confira:


    Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

    Você tenta, mas ainda vive arrumando os fios com os próprios dedos? É hora de mudar isso! Conquistar uma barba bonita e de respeito leva tempo e dedicação, por isso é preciso ter paciência, além de usar os produtos e as técnicas corretas para alcançar seu objetivo. Para ajudá-lo nesta longa e delicada tarefa, listamos 9 dicas incríveis para deixar sua aparência super bem cuidada, com uma barba elegante e tratada e você vai aprender a modelar a barba com estilo!

    Continue a leitura e acompanhe com a gente!

    1. Ao modelar a barba com estilo, seja paciente

    Uma barba verdadeiramente épica é fruto do autocontrole de qualquer homem. Quando ela começar a crescer, resista à tentação de cortar ou já querer moldar um estilo, deixando-a intacta de 4 a 6 semanas.

    Isso permitirá que os fios cresçam de forma mais uniforme (uma vez que alguns crescem mais rápido que outros), além de ajudá-lo a escolher posteriormente um estilo que vá combinar melhor com o comprimento e espessura dos pelos de seu rosto.

    2. Combine a barba com o formato do rosto

    Como já tratamos por aqui, existe um modelo ideal de barba para cada tipo de rosto, basta encontrar o que mais combina com você. Assim, da mesma forma como as roupas valorizam e desvalorizam atributos de seu corpo, cada estilo de barba poderá reforçar, ou não, traços marcantes de seu rosto.

    Apesar de os pelos faciais estarem em alta hoje em dia, encontrar o estilo certo que melhor combine com a sua personalidade e estilo de vida é fundamental.

    Desenhada, barba cheia, bigode, costeleta ou cavanhaque, as opções são muitas para garantir que você usará a melhor opção.

    3. Saiba como (e quando) cortar

    Para modelar a barba com estilo é essencial ela estar bem cuidada, mesmo que você esteja pensando em deixá-la crescer bastante. Invista em um aparador de qualidade e encontre a técnica certa que se adéque ao seu objetivo e modelo final.

    Pode parecer controverso, mas para deixar a barba crescer é preciso também cortar os pelos de vez em quando. Isso ajuda muito a manter o rosto mais limpo e colabora para que os fios cresçam ainda mais fortes.

    4. Aposte em óleos para deixar a barba macia

    Acredite: nada deixa os pelos macios e sedosos como o uso regular de óleo de barba. Existe uma grande variedade de opções que você pode escolher, com diferentes fragrâncias. Não importa qual é o seu predileto, todos vão ajudar a modelar a barba e torná-la mais suave e brilhante. Porém, uma dica importante: fuja dos que contêm óleo mineral na fórmula.

    5. Aprenda a educar a sua barba

    Os óleos que acabamos de apresentar auxiliam bastante ao modelar a barba com estilo e de forma correta, mas não são a única maneira de mantê-la na linha.

    O cuidado diário com um pente de madeira ou escova para barbas vai acabar com os pelos teimosos, educando-os a crescer em um sentido único. Você pode até mesmo levantar as pontas com um pente menor, dando mais estilo ao seu visual e atribuindo um ar mais moderno.

    O importante mesmo é que você não fique passando a mão na barba, pois a sujeira e a oleosidade dos dedos podem prejudicar a saúde dos fios.

    6. Não se esqueça do bigode

    A menos que você tenha escolhido um estilo amish (cortina de queixo) e esteja cultivando uma barba épica, estar atento ao tamanho do bigode também é essencial para deixar o rosto em harmonia.

    Para manter um olhar puro, apare a área do buço (abaixo do nariz) com uma tesoura, mantendo o local naturalmente esculpido com cera para bigodes.

    Um belo bigode está cada vez mais em alta nos dias de hoje. Há uma série de modelos e formatos que você pode escolher e ir modelando até atingir o comprimento e estilo desejados.

    7. Abasteça-se

    Não se pode construir uma casa sem usar tijolos. Isso também pode se aplicar aos seus pelos faciais. A barba é composta por proteínas e gorduras, mas também é muito dependente das vitaminas B3, B5 e B9.

    Estes nutrientes podem ser encontrados em carnes magras, nozes, gema de ovo, leite e abundância de folhas verdes. Se você está mesmo comprometido, também pode completar a sua dieta com suplementos que contenham essas fórmulas, deixando sua pele, seu cabelo e sua barba muito mais bem cuidados.

    8. Ajude sua barba a crescer mais rápido

    Além da ingestão dos nutrientes já citados, existem outras opções que poderão lhe ajudar bastante a criar o ambiente perfeito para a barba, acelerar o processo de crescimento e obter uma pelagem facial glamourosa e atraente.

    Para isso, você pode fazer uso dos óleos de cânhamo e de jojoba, que possuem todos os nutrientes necessários para o crescimento da barba de forma rápida e mais forte.

    Certamente, estes componentes não irão fazer com que sua barba cresça de um dia para o outro, mas vão garantir que o crescimento não seja afetado por outros fatores que possam prejudicar esta fase.

    Apesar disso, o melhor é sempre garantir o uso de bons produtos para o cuidado e manutenção diária, para que os fios cresçam muito mais saudáveis.

    9. Tenha paciência e aproveite cada estágio

    Seja paciente e realista! Pode ser frustrante e demorado esperar crescer a barba, e todo mundo tem diferentes velocidades de crescimento dos fios, assim como diferentes volumes e espessuras dos pelos.

    Para que você não se sinta ansioso ou se estranhe durante o processo, é importante sempre modelar a barba com estilo periodicamente, aproveitando cada estágio, cada fase e cada visual distinto. Ao final, você terá uma barba muito bem cuidada e de dar inveja em qualquer um!

    Esperamos que você gostado do nosso post e que estas dicas possam lhe garantir uma aparência incrível! E lembre-se: o segredo está em saber esperar! Não se afobe, siga todos esses passos e, certamente, chegará ao resultado pretendido!

     

    Fonte: Blog.beard.com.br


    Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

    Sabe aquelas bolinhas avermelhadas que aparecem no seu pescoço ou no rosto alguns dias depois que você faz a barba ou quando o pelo cresce e ele se curva na sua pele irritando-a? Isso pode ser um sinal de foliculite.

    A foliculite na barba ocorre com mais frequência após um barbear mais acentuado, e é uma pequena inflamação dos folículos do pelo. Ela aparece no rosto ou no pescoço, provocando vermelhidão, coceira e pequenas manchas vermelhas que, se infeccionarem, podem virar abscessos com pus.

    Apesar de ser um dos problemas que afeta muitos homens não barbados, a foliculite também pode aparecer em quem mantém a barba grande, mas isso é provocado devido a falta de limpeza ou uso de produtos inadequados.

    Existem algumas ações que você mesmo pode fazer em casa para amenizá-la e tratá-la. O mais importante é deixar a pele sempre limpa, lavando-a diariamente com um sabonete suave para hidratar a região. Não deixe de usar creme de barbear antes de fazer a barba e espere ele agir por pelo menos/ cinco minutos antes de começar. Se você possui a pele mais seca, pode passar um creme hidratante antes.

    Nunca use lâminas velhas e enferrujadas, sempre as seque depois de cada barbear e guarde com a tampa em local seco. Uma boa opção é aparar no banho, pois a água quente abre os poros do rosto, facilitando o processo. Sempre que possível, use lâminas novas e passe o aparelho no sentido do pelo.

    Utilize um pós-barba depois, para acalmar a pele. Se a inflamação apareceu com ela grande, isso pode ser por vários motivos. Um é a falta de limpeza, por isso, sempre que passar algum produto lave bem para não deixar resíduos.

    Dê preferência para produtos de confiança, evitando cremes ou óleos caseiros. Ao sair do banho, lembre-se de secar sua barba muito bem, pois isso pode acarretar em inflamações também.